Fomenta Municípios injetou R$32 milhões em crédito em Maricá, Niterói e Paraty

No mês de março a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), um ano após o início da pandemia, comemora a marca superada de 1.000 empreendedores contemplados com crédito por meio do Programa Fomenta Municípios nas cidades parceiras de Maricá, Niterói e Paraty.

O Programa, que já investiu mais de R$32 milhões nos três municípios, é modelo de negócios construído a partir da parceria entre a AgeRio e as prefeituras interessadas, que nasceu com a pandemia sobretudo para socorrer micro e pequenos empreendedores afetados pelas medidas restritivas, mas deve se transformar em política de fomento perene à economia:

O sucesso do formato está estampado em cada um dos mais de 1.000 clientes contemplados com o crédito. São empregos mantidos e renda gerada nos municípios do Estado, que serão essenciais para a retomada da economia no Rio de Janeiro. A ideia é expandirmos o modelo para todas as cidades interessadas – falou o presidente da AgeRio, André Vila Verde.

Com um ano em funcionamento, o Programa já acumula histórias de superação como a da dupla de músicos Ismayer Alves e Betinho Bahia, que costumava fazer shows e trabalhar em eventos, uma das atividades mais afetada pela pandemia. Eles recorreram ao crédito em Maricá para comprar equipamentos e ganhar mais autonomia:

Com o dinheiro que veio do crédito do Programa eu consegui comprar equipamentos que utilizo nos meus shows de forma muito mais barata porque paguei à vista. Tive recursos para baratear o custo do meu material. Ainda mais com o prazo de um ano que eu tenho para começar a pagar e com as parcelas que cabem no meu bolso, independente de pandemia. O crédito da AgeRio ajudou de uma forma maravilhosa! – comemora Ismayer.

Outro caso de sucesso é o de Maria Antonia e Mario Jorge, que são casados e sócios na Cervejaria Matisse, localizada em Niterói e especializada em cervejas autorais e artesanais. Antes da pandemia, os empreendedores atuavam muito em feiras e eventos. Com as restrições impostas pelo coronavírus, tiveram que investir no e-commerce, mudar a forma de comercializar os produtos e decidiram investir na construção de um bar próprio. Foi aí que o crédito entrou:

Com a oportunidade do financiamento, decidimos construir um bar da fábrica. A construção já está avançada, iniciamos a fase de acabamento e compra dos equipamentos e, em breve, esperamos poder abrir para o público, com a população vacinada e a pandemia sob controle – conta Maria Antonia.

A cidade de Paraty, com forte vocação para o turismo, viu no Fomenta Municípios a oportunidade de sustentar sua economia e também já coleciona êxitos. Sócia da Pousada La Cigale e empreendedora do setor de turismo há mais de 20 anos, Raquel Marendaz revela que graças ao Programa conseguiu sustentar seu negócio e os seis postos de trabalho que mantinha antes da pandemia:

A experiência com a AgeRio foi muito boa mesmo! Tenho muito a agradecer! O crédito ajudou muito porque com a pandemia ficamos sem receita e com despesas acumuladas. Foi muito difícil! Agora já estamos recebendo hóspedes e felizes por termos conseguido superar – comenta, aliviada.

A sinergia com os municípios do Estado

 

O Fomenta Municípios funciona com funding próprio de cada uma das cidades interessadas em conceder crédito aos seus empreendedores para fomentar as economias locais. A AgeRio, com sua expertise, é responsável por operacionalizar e liberar os créditos, que contam com condições especiais, conforme customização de cada município.

Pioneira e protagonista na construção da primeira parceria para o Programa, Maricá revela que pretende manter a iniciativa em funcionamento:

Ficamos extremamente felizes de saber que uma política de crédito local criada por nós, o Fomenta Maricá, tenha inspirado o Fomenta Municípios e seja hoje replicada em diversas cidades do Estado, chamando inclusive atenção de outras agências de fomento pelo Brasil. Acredito que a partir dessa política local a AgeRio cumpre seu papel estratégico. Acreditamos muito que conjugando proteção às empresas, empregos e incentivo à produtividade conseguiremos passar por esse momento e criar uma nova realidade. A política de crédito produtivo é contínua e nossa expectativa é colher frutos no fortalecimento da economia local e a atração de novas empresas para a cidade – destacou Igor Sardinha, secretário municipal de desenvolvimento econômico de Maricá.

Escalado para Niterói, o Fomenta Municípios, que na cidade ganhou o nome de Supera Mais, também já forma parte da política de fomento à economia do município, conforme reforça a secretária de Fazenda da cidade, Marilia Ortiz:

– O Programa foi desenvolvido em parceria com a AgeRio para atender micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 1 milhão. Os juros serão assumidos pela Prefeitura de Niterói e a iniciativa tem sido fundamental para o saldo positivo de empregos observado na cidade. É um apoio muito grande que estamos aportando para que as empresas continuem aquecendo a economia local e promovendo o desenvolvimento.

O secretário municipal de Finanças de Paraty Leônidas Santana também sublinha a importância do Programa para os negócios locais durante a pandemia e demonstra satisfação com o sucesso do modelo na cidade:

– A Prefeitura de Paraty elegeu um tripé de prioridades para combater a pandemia: salvar vidas, segurança alimentar e retomada da economia. Foi aí que entrou o Programa, que aqui se chama Recomeçar Paraty, em parceria com a AgeRio. Hoje temos um arcabouço montado para dar continuidade à iniciativa. Tende a ser um modelo sustentável, de custo baixo, muito retorno e inegável sucesso – comentou.

As solicitações de crédito devem ser feitas junto às prefeituras das cidades parceiras, e os municípios que desejarem aderir ao Programa Fomenta Municípios devem entrar em contato com a AgeRio por meio de seu site pelo endereço www.agerio.com.br.

Sobre a AgeRio

A Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio) é sociedade de economia mista que faz parte da administração indireta do Governo Estadual, sendo vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais (Sedeeri).

A missão da empresa – que opera com recursos próprios, repasses e fundos estaduais – é fomentar, por meio de soluções financeiras, o desenvolvimento sustentável do Estado do Rio de Janeiro, com excelência na prestação de serviços.

Os financiamentos são concedidos conforme critérios técnicos e por meio de decisões colegiadas. Todas as solicitações estão sujeitas a análise de crédito, que é determinante para estabelecer as condições de cada operação.

A nova Diretoria da Agência, que tomou posse em 28 de dezembro de 2020, é composta exclusivamente por empregados concursados com longo histórico profissional na instituição. Com atuação focada em ganho de eficiência e assertividade nos negócios, a administração da empresa se concentra no fomento ao desenvolvimento da economia e na geração de emprego e renda, tendo em vista sobretudo o cenário econômico adverso imposto pela pandemia e as vocações regionais de cada região do Rio de Janeiro.

Fotos Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here