O avião da FAB, vindo de Brasília, chegará a Macaé na terça-feira trazendo a comitiva da presidência da República - Arquivo

Solenidade acontecerá na próxima terça-feira (12), às 9h, com presença de Ministro da Infraestrutura

 

O Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, emitiu na sexta-feira (8) o convite para entrega das obras de modernização do Aeroporto de Macaé, que será realizada nesta terça-feira (12), às 9h, na área de check-in do aeroporto. A solenidade irá ocorrer três dias antes do leilão da base macaense, junto ao Aeroporto de Vitória, que acontecerá na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

A comitiva do Governo Federal virá de Brasília para Macaé num voo da Força Aérea Brasileira (FAB), modelo Embraer 190, com capacidade para 54 passageiros. A comitiva será formada pelo Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, pelo Secretário de Aviação Civil, Ronei Saggioro e pela presidente da Infraero, Martha Seillier.

Este será o primeiro teste das obras de reforço da pista da base macaense, que elevou o nível de segurança para operação de aeronaves de maior porte, de 7 para 19, do PCN (Pavement Classification Number). A nova pista possui uma extensão de 1200 metros.

Além disso, o Aeroporto ganhará oficialmente o novo terminal que possui capacidade de receber, por ano, um milhão de pessoas. A nova logística de embarque e desembarque de passageiros, além de mostrar o remodelado saguão com dimensão de 14 mil m², o local possui uma nova área de estacionamento com 460 vagas.

“A Abespetro lutou para que esse projeto fosse consolidado, diante da demanda levantada pelas instituições empresariais que defendem a nova agenda do petróleo, como garantia de sustentação da importância de Macaé para as operações de óleo e gás”, afirmou o secretário executivo da Abespetro, Gilson Coelho.

Essas obras representam o grande ativo do Aeroporto de Macaé cuja gestão passará para a iniciativa privada após o leilão, que acontece no dia 15, na Bolsa de Valores de São Paulo.

A expectativa é que a base macaense receba mais de R$ 290 milhões em investimentos para modernizar as operações comerciais e ampliar a frota que atende a logística do petróleo na Bacia de Campos.
A obra desde o início foi acompanhada pelos representantes de diversas instituições como Firjan, ACIM, RedePetro, CV&B, Amacon, e Repensar Macaé, dentre outras.

“Trata-se de um momento histórico para a nossa cidade, momento que começa a ter a certeza da revitalização do petróleo e gás, mas acima de tudo, uma porta de entrada de turismo para visitar nossas ilhas e região serrana. Obviamente precisamos trabalhar muito para melhorar nossa estrutura das estradas estaduais. Quero aproveitar a oportunidade e parabenizar a união do empresariado de nossa cidade e dizer que estou muito feliz com a concretização final deste projeto”, disse o deputado estadual Chico Machado, que confirmou presença na solenidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here