Ações de saúde bucal são intensificadas nas escolas

173
De fevereiro a junho, foram realizados 1.762 procedimentos restauradores e 2.755 consultas odontológicas

O tratamento segue um cronograma agendado com os diretores das escolas municipais

Em Macaé, alunos de nove escolas municipais de Educação Infantil já receberam o tratamento restaurador atraumático (TRA), trabalho que faz parte do reforço da saúde bucal. De fevereiro a junho, foram realizados 1.762 procedimentos restauradores e 2.755 consultas odontológicas. Com uma duração média de três meses, o tratamento restaurador é realizado por equipe formada por dentistas e auxiliares de consultórios odontológico, conforme reconhecimento pelo Conselho Regional de Odontologia.

Para receber o atendimento, o pai ou responsável pelo aluno deve autorizar mediante ficha específica que é entregue na própria escola. O TRA é um tratamento alternativo para a cárie dentária sem o uso de instrumentos rotatórios. A ação começa com a identificação das crianças com cáries menos complexas para posterior tratamento realizado no próprio ambiente escolar.

O tratamento segue um cronograma agendado com os diretores das escolas. Na segunda-feira (8), cerca de 20 alunos foram atendidos na Escola Municipal de Educação Infantil Maria Cecília Tourinho Furtado (Fronteira), que conta com 240 estudantes. Nesta terça-feira (9), as equipes atenderam nas unidades Nossa Senhora da Conceição e Afonso Corrêa Sabino.

O diferencial do tratamento, de acordo com a coordenadora da Odontologia Coletiva, Carla Bittencourt, consiste na remoção da cárie com instrumentos manuais – a cavidade é preenchida com cimento de ionômero de vidro. A vantagem é que os alunos da Educação Infantil recebem o tratamento, que funciona como antibactericida e contribui com a saúde dos dentes provisórios e até permanentes, quando forem trocados, o que possibilita a melhor estima da garotada.

O trabalho na Escola Maria Cecília Tourinho Furtado foi aprovado pelos alunos e gestores. Entre eles estavam Kaiky Santos Rosa, Isabela de Souza Regis e Alex Sidney da Costa. “Gostei de tudo. Meu dente fica limpo. E nem dói”, contou Alex.

Já as diretoras Elisângela Pizzo Precioso (adjunta) e Jane Valéria Ramos (geral) observaram que o atendimento do TRA contribui com os pais que não têm muito tempo de levar os filhos para atendimento odontológico. “Além disso, muitos alunos aprendem a importância da escovação durante a visita dos dentistas”, pontuam.

Os casos que mais necessitam de atenção são encaminhados para o Consultório de Odontopediatria do Centro de Especialidades Odontológica. O espaço funciona de segunda a sábado, das 8h às 19h, na Rua Velho Campos, 566, Centro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here