Foi dada a largada

0
14

Nunca, na história política do país, a população viveu um clima tão intenso de incerteza com relação aos partidos políticos e aos candidatos que vão se submeter ao voto dos eleitores. Estes, por sua vez, mais descrentes com a onda de informações através da internet, onde cada um utiliza o território livre (?) para destilar veneno, ou então para glorificar como seu súdito, como o caso Lula, por exemplo.

Mas a triste realidade é que o tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão diminuiu bastante, não está existindo tantos trios elétricos, carros ou bicicletas de som, graças a algumas medidas adotadas desde que a população através de iniciativa popular, fez aprovar uma grande reforma que, inclusive, acabou com os showmícios, ou seja, os candidatos como não eram ou não são capazes de através de palanques atrair os eleitores, passaram a fazê-lo com artistas que cobravam cachê alto e fazia funcionar o caixa dois. Há muito tempo que a legislação eleitoral vem sofrendo alterações a bel prazer dos parlamentares e, pior ainda, eles conseguiram brechas para criar até agora pelo menos 35 partidos políticos e existe uma fila estimada de mais 70.

Então, a prioridade de qualquer candidato eleito presidente, é promover uma profunda reforma política para que os eleitores voltem a ter confiança nos candidatos e, através de programas e ideologias, possam escolher os melhores. Mas a situação hoje é tão ruim, mas tão ruim, que a população brasileira está pagando um preço alto para não renovar o Congresso e as Assembleias Legislativas. Apesar da Operação Lava Jato e do Foro Privilegiado, vamos continuar ouvindo no rádio e assistindo na telinha, um desfile de candidatos muitos dos quais, estarão lá utilizando o nosso dinheirinho através do financiamento público de campanha, aliado ao Fundo Partidário. Agora, toda atenção será pouca para ouvir e ver as melhores propostas para escolher bem e ver se tiramos o país do atoleiro em que se encontra.

Pensando Macaé

Esta semana, quando era encerrado o prazo para que as candidaturas a cargos eletivos fossem confirmadas pelo Tribunal Regional Eleitoral e no início do ano, alguns postulantes e exercendo o cargo de vereador ou não, ensaiavam entrar na disputa política, para um leve exercício que pudesse levar algum deles a postular a sucessão municipal em 2020, um balde de água fria foi jogada pelo “chefe” que nocauteou de imediato alguns mais ousados. Mas como o “chefe” também não goza lá de muita confiança – o que ele tem é a força da caneta de R$ 2 bilhões por ano – abandonou seus amigos de primeira hora, abandonou os partidos que o acolheu, e ao se alinhar no MDB de Cabral, Cunha, Temer e outros que também foram atingidos pela Operação Lava Jato, preferiu sair de fininho e agora, abraça o DEM para tirar o corpo fora. Mas como o sonho não acaba para muitos, Macaé tem bons candidatos que deverão se consagrar nas urnas contra a vontade do “chefe” e não vamos listar algum por aqui para evitar que o “chefe” corte a cabeça de algum deles. Mas essa pré-campanha tem servido para muitos grupos não só políticos, como também empresários, passar para a próxima etapa pensando Macaé.

O trabalho de muitos é o de alimentar esses postulantes, de informações privilegiadas que desmontam a imagem do “chefe” que vive desafiando a Justiça e deixando de realizar as obras de mudanças propostas por ele quando ganhou o apoio do povo. Como traiu a si mesmo e aos que o cercaram no começo, meio e agora marcha para o fim, não fica fácil acreditar nas promessas vãs. Falta pouco tempo para a população se ver livre dos que adoram mamatas e cair no esquecimento.

 

PONTADAS

Estranho, muito estranho. O aviso de errata do Edital de Concorrência Pública 009/2017, objetivando contratação de empresa especializada em construção civil para reforma do Ginásio Poliesportivo de Macaé, com data de 26 de julho de 2018, ter sido publicado apenas no dia 30 de agosto de 2018, remarcando a licitação para o dia 31 de agosto de 2018. Será que o Ministério Público vai investigar toda essa jogada que ninguém entendeu?

______

Todo mês, o proprietário de imóvel que tem uma ligação de energia, paga em cada conta, quando domiciliar, a importância de R$ 6,39, como Contribuição de Iluminação Pública. A cobrança é compulsória porque a Câmara Municipal aprovou a lei em 2005. Pior de tudo é que nenhum vereador cobra a prestação de contas, de quanto a Enel arrecada e, tão pouco, a destinação de tanto dinheiro porque a iluminação é muito deficiente.

______

Este fim de semana vai ser de festa política em Macaé. O candidato ao governo do Estado, ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, estará outra vez em Macaé. Desta vez, ciceroneado pelo deputado estadual e que busca vaga para federal, Christino Áureo. Como parlamentar e secretário de Estado, Christino tem um bom legado de obras e projetos, mesmo quando assumiu a Casa Civil em período da grande crise que atingiu o estado.

_____

Até domingo.

Powered by Rock Convert

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here