Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Atleta busca ajuda para competir etapa mundial

Joseilton Silva é um dos cinco brasileiros classificados para o XTERRA no Havaí

Em 10/11/2017 às 11h42


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Atleta conquistou a vaga no mundial após vitória na etapa de Ilhabela, em São Paulo Atleta conquistou a vaga no mundial após vitória na etapa de Ilhabela, em São Paulo
Faltando cerca de três semanas para embarcar rumo ao Havaí (EUA), a ansiedade tem sido grande para Joseilton Silva, que busca patrocínio para conseguir disputar o XTERRA Trail Run World Championship. A etapa final da competição acontecerá no dia 3 de dezembro, em Kualoa Ranch.

Apesar de estar entre os cinco brasileiros classificados para a prova internacional, o atleta diz que depende de ajuda financeira para custear os gastos com as passagens, hospedagem e alimentação.

"Infelizmente, mesmo sendo o único representante de Macaé na competição, não tenho apoio do poder público municipal. Para conseguir o Bolsa-Atleta é tanta burocracia que acabo desistindo. Todas as minhas participações nas competições acontecem graças aos meus amigos, que sempre me ajudam na medida do possível. O mais difícil, que era o visto, eu consegui, graças a Deus. Agora é correr atrás do que falta para poder ir. Espero conseguir realizar mais esse sonho. Sem dúvida, será a prova mais importante da minha vida", diz.

Caso consiga concluir esse sonho, essa será a terceira competição internacional de Joseilton. Esse ano ele já participou da Ultra em Maldonado (Uruguai), onde foi campeão, e da Maratona de Buenos Aires (Argentina).

"Sei que no XTERRA vão estar os melhores do mundo, mas isso não me intimida. É uma prova difícil, mas é possível de ser conquistada. Para mim, independente do resultado, é uma honra poder estar lá. Há alguns anos, eu nem me via participando de uma maratona, quem dirá estar tendo a oportunidade de competir fora do país. É algo que foge à minha realidade", conta ele, que destaca que promete pegar pesado nos treinos. "Não consegui me dedicar o quanto gostaria nas últimas semanas por conta do trabalho e das provas que disputei, mas agora vou focar. Espero fazer uma boa corrida e, quem sabe, trazer uma medalha para Macaé e para o Brasil", completa.

O trajeto de 21 quilômetros é composto por vários níveis de intensidade e obstáculos. O cenário é paradisíaco. Segundo a organização, as trilhas de Kualoa Ranch são fechadas ao público, sendo assim uma rara oportunidade para os corredores viverem uma experiência única.

Figura já conhecida na Capital do Petróleo, o ultramaratonista conquista as pessoas com seu carisma, humildade e também com o seu talento. E sempre diz, com muito orgulho, que representa dois lugares importantes: o povoado Flexeiras de Curral do Meio, em Sergipe, e sua cidade atual, Macaé.

Ele divide o tempo de atleta com o seu trabalho de pedreiro e vigia. E não tem desculpas. Sempre que tem um tempo livre, Joseilton faz questão de treinar. Para ele, a prática esportiva é muito mais do que um bem para a saúde ou medalhas: é uma paixão da qual não abre mão.

Os interessados em ajudar/patrocinar podem entrar em contato com Joseilton através do telefone: (22) 99784-6087, por e-mail: joseilton.silva.santos@outlook.com ou no Facebook: Joseilton da Silva Silva Santos.

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: esporte


publicidade