Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Ponte precária no Sana ameaça turismo na Serra do município

Luiz Fernando cobra manutenção de estrutura situada no acesso do Frade ao Sana

Em 09/11/2017 às 12h41


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

As dificuldades de acesso a região serrana da cidade, principalmente nos distritos e localidades que atraem visitantes de Macaé e da região, voltaram a ser destacadas ontem (8), no plenário da Câmara de Vereadores, através do requerimento apresentado pelo vereador Luiz Fernando (PT do B), membro do bloco de oposição.

Através da proposição de número 955/2017, o vereador cobrou do governo, através da secretaria municipal de Infraestrutura, a manutenção de ponte de madeira situada na extensão entre o Frade e o Sana, que se encontra em péssimas condições para tráfego.

"A falta de manutenção de acesso ao Sana não passa apenas pelas estradas, mas pelas pontes também. Trata-se de uma estrutura de madeira que está bastante deteriorada, e por onde passam ônibus carregando pessoas todos os dias. Ou fazem manutenção, ou vai acontecer um acidente", apontou o parlamentar.

Luiz Fernando apontou ainda que a precariedade da infraestrutura da Serra afeta também os moradores da localidade da Boa Alegria, que estão reunindo doações para arcar com a manutenção do trecho de acesso ao local.
"Os moradores estão pagando do próprio bolso a cimentação da estrada para ter condições de acessar a localidade nos dias de chuva, tamanha a precariedade em que ela se encontra. Onde está o dinheiro de Macaé? Vamos votar um orçamento de mais de R$ 2 bilhões e a prefeitura não dá condições para os moradores viverem com tranquilidade na Serra", disse. 

O parlamentar afirmou ainda que a falta de manutenção dessas estruturas de madeira, que dão acesso às localidades da Serra, comprometem a segurança dos visitantes, afetando diretamente o turismo da região.
"A estrada de acesso entre o Frade e o Sana tem manutenção zero, a ponte está prestes a cair e ainda querem falar sobre turismo na Serra? É só reunião que faz mídia e marketing. Na prática, nada está acontecendo", criticou o vereador.
O apelo de Luiz Fernando foi fortalecido pelo vereador Maxwell Vaz (SD), também membro do bloco de oposição.

Maxwell afirmou que as instituições empresariais da cidade, como o Convention and Visitors Bureau (CVB), trabalham para construir uma política de incentivo ao setor, sem receber qualquer tipo de suporte efetivo da administração municipal.
"O Convention Bureau é vítima das promessas do governo, porque quer fazer um trabalho de turismo, que articula o setor no Estado todo, mas não consegue ter o suporte necessário em Macaé. Nos debates, os compromissos são relatados, mas depois não são cumpridos pelo governo", afirmou o parlamentar.

Maxwell afirmou ainda que a falta de infraestrutura na Serra afeta a base da economia da cidade.
"A estrada do Frade ao Sana sempre foi promessa de campanha dos últimos governos. Na Serra, não é apenas a questão do turismo, mas também da agroeconomia, já que os pequenos produtores são afetados", afirmou.

Autor: Márcio Siqueira

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: política


publicidade