Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Escolas particulares podem se inscrever para programa da PMERJ

O projeto leva policiais militares até as escolas para falar de temas importantes

Em 09/11/2017 às 11h48


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Ao final do programa, os alunos recebem certificados durante uma formatura Ao final do programa, os alunos recebem certificados durante uma formatura
Desde 1992, as escolas públicas que se interessam em participar do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) são contempladas com palestras e cursos para os jovens estudantes, durante o ano letivo. Este importante projeto da Polícia Militar representa um avanço para a sociedade, sendo também possível ser implementado em escolas particulares em toda região do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que abrange seis municípios: Macaé, Rio das Ostras, Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabu e Casimiro de Abreu.

Para levar o Proerd para as escolas particulares, a direção da instituição precisa entregar um ofício de interesse no projeto ao comando do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM).  

Para aqueles que não conhecem o Proerd, o projeto no município acontece através de uma parceria entre o 32º BPM e a Prefeitura de Macaé, por meio da secretaria de Educação. O curso é voltado para os alunos do 5º ano e o programa desenvolve ações, como palestras, peças teatrais, dinâmicas, além de abordagens de 17 eixos temáticos de um livro que destaca a prevenção em relação a temas como bullying, violência e drogas. O seu objetivo é primar pela educação e cidadania.

Os alunos do 5º ano participam de atividades com assuntos como: "tomada de decisões", "dizer não às drogas", "autoestima", "prática de atividades em prol da qualidade de vida", "como enfrentar tensões" e "escolhas de vida". Para despertar ainda mais o interesse dos alunos, a equipe promove dinâmicas diferentes na sala de aula. 

Autor: Ludmila Fernandes ludmila@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: polícia


publicidade