Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Equipe da P2 prende elemento com pistola no Centro

Homem estaria levando a arma de fogo para gerente da Nova Holanda

Em 01/11/2017 às 10h44


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

P2 prende elemento armado no Centro, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas P2 prende elemento armado no Centro, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas
Mais uma vez, o serviço de inteligência da Polícia Militar (PM) foi essencial para a prisão de um suspeito por envolvimento com o tráfico de drogas em Macaé. Após uma denúncia, policiais do Serviço Reservado (P2) conseguiram prender em flagrante um elemento com uma arma de fogo, no Centro.

De acordo com a ocorrência, em posse de informações privilegiadas que relatavam que um homem, identificado como Vinicius Caetano da Costa, de 30 anos, estaria na Rua Vereador Abreu Lima, no Mercado Popular (camelódromo), portando uma arma de fogo, e que sairia do local para levar o material para outro elemento de vulgo "BL", apontado como gerente do tráfico de drogas da comunidade Nova Holanda, os policiais foram ao local e de longe ficaram observado toda a movimentação.

Após alguns minutos, a equipe avistou o suspeito que se dirigiu até a rua em frente ao Mercado Popular e entrou em um veículo Toyota/Hillux, de cor preta, placa LAH-8949. Neste momento foi feita a abordagem e revista pessoal e também no carro, sendo encontrada dentro do veículo uma Pistola de calibre 9 milímetros, com dois carregadores e 13 munições intactas.
De imediato, foi dada voz de prisão ao elemento, e ele foi encaminhado à 123ª DP, tendo permanecido preso, e o veículo apreendido administrativamente. 

Intenso Tiroteio

No mesmo dia desta ocorrência, moradores próximos às comunidades Malvinas e Nova Holanda relataram que, durante a madrugada, houve intenso tiroteio nesses locais. De acordo com as informações, os tiros começaram na Nova Holanda, quando criminosos cercaram o contêiner da Polícia Militar (PM) e abriram fogo.

Em seguida, algumas viaturas que também estavam ali, por conta de uma operação, foram cercadas e houve uma intensa troca de tiros entre a polícia e os criminosos. Os reforços que foram enviados pela PM não puderam entrar na comunidade. Assim que conseguiram entrar na Nova Holanda, o tiroteio cessou e os responsáveis empreenderam fuga.

Em seguida, o mesmo teria acontecido na Malvinas. Quando o tiroteio terminou na Nova Holanda, elementos cercaram o contêiner da PM na localidade e teve início uma troca de tiros, que não demorou a cessar.

O comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), coronel Marco Aurélio Vollmer, confirmou os confrontos. No entanto, ele não confirma que o tiroteio tenha se estendido e que policiais militares ficaram encurralados na Nova Holanda. Ele disse que a troca de tiros foi rápida, sendo que não houve maiores transtornos porque os elementos fugiram.

Autor: Ludmila Fernandes ludmila@odebateon.com.br

Foto: Divulgação PM


    Compartilhe:

Tags: polícia


publicidade