Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Unidade do Senac Centro fecha as portas

De acordo com informações do setor de imprensa da instituição, as atividades estão concentradas na unidade do Novo Visconde

Em 05/10/2017 às 14h35


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

O setor de imprensa não informou o motivo que levou ao fechamento da unidade de ensino O setor de imprensa não informou o motivo que levou ao fechamento da unidade de ensino
Ao que tudo indica a crise financeira está afetando cada vez mais a cidade até então conhecida como a Capital do Petróleo. Além dos reflexos já observados no mercado de trabalho, onde o índice de pessoas desempregadas parece estar aumentando a cada dia, a educação também começa a ser impactada.  

Esta semana a redação do Jornal recebeu a informação de que a unidade do Senac no Centro iria fechar. A equipe de reportagem fez contato com a instituição, que em meio a tantas perguntas se limitou em responder apenas que "O Senac está atendendo no Município de Macaé na unidade Macaé I, Rua Zacarias de Macedo, 104 - Novo Visconde, onde estão concentradas todas as atividades da instituição, incluindo os cursos gratuitos." 

Informações com o que levou ao fechamento da unidade e ao remanejamento dos cursos para outro espaço, visivelmente menor em relação ao espaço do Centro; quando essa mudança ocorreu; quais cursos continuam sendo oferecidos pela instituição; se ainda há ofertas de cursos gratuitos pelo Programa Senac Gratuidade, entre outras demandas, não foram respondidas pelo setor de imprensa. 

O Senac é uma instituição que atua há 70 anos em educação profissional, e é considerada pioneira no ensino a distância no Brasil.  Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 70% de empregabilidade nos últimos anos, e investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Com 39 unidades em todo o estado do Rio, conta com uma média de 156 mil alunos. 

Ao ingressar no Senac-RJ, os participantes passam a fazer parte de uma instituição de ensino que atua há 70 anos na profissionalização de mão de obra para os setores de comércio de bens, serviços e turismo no Estado do Rio. Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 70% de empregabilidade nos últimos anos e investindo fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Segundo informações institucionais, antes eram 39 unidades em todo o estado do Rio, e de 2010 a 2014 o Senac-RJ passou de 89 mil para 156 mil alunos. 

Em Macaé, a unidade estava  presente em dois endereços, na Rua Vereador Abreu Lima, 45, no Centro e na Rua Zacarias de Macedo, 104, Visconde de Araújo.  

Já o Programa Senac Gratuidade (PSG) que significa qualificação profissional gratuita e de qualidade para quem quer conquistar um lugar no mercado de trabalho, por meio dele são oferecidos vários cursos destinados a pessoas de baixa renda (que possuam renda de até 2 salários mínimos por pessoa na família), em diferentes áreas de conhecimento há algum tempo não oferta vagas para o município.

"Todos os dias eu acesso o site para ver as vagas e há mais de três meses venho observando que não tem sido oferecido vagas para Macaé. É uma pena, porque muitas pessoas não têm condições de pagar pelos cursos e aproveitam essa oportunidade para obter alguma qualificação", disse a estudante Daiana de Souza. 

Questionada sobre a oferta de vagas para esta modalidade de ensino, a informação repassada ao Jornal foi apenas que as vagas continuam sendo oferecidas, mas nenhum prazo para matrícula e nem mesmo as opções de cursos disponíveis foram divulgados. 

Autor: Juliane Reis juliane@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: educação


publicidade