Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

O DEBATE conhece aplicativo criado por alunos do desafio "Senai + Indústria"

Protótipo servirá de base para o desenvolvimento de novo formato digital do principal jornal da região

Em 27/09/2017 às 12h00


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Oscar Pires, diretor de O DEBATE, recebeu os alunos Gabriel Bernardino e Samuel Jabz Oscar Pires, diretor de O DEBATE, recebeu os alunos Gabriel Bernardino e Samuel Jabz
A redação de O DEBATE recebeu, na tarde de segunda-feira (25), Gabriel Pereira Bernardino e Samuel Jabz dos Santos Moura, alunos do curso técnico em automação industrial, que participaram do desafio "Senai + Indústria", apoiado pela Federação da Indústria do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), como forma de estimular o desenvolvimento de pesquisa e de inovação entre estudantes que se preparam para ingressar no mercado de trabalho regional.

Através do "Projeto Integrador", o Senai motivou alunos a participar do desafio que envolveu também empresas parceiras da instituição. 

O desafio era apresentar deficiências e gargalos no processo de produção dessas companhias, que seriam solucionados pelos alunos do Senai.

Para O DEBATE, Grabriel e Samuel desenvolveram um aplicativo que promove a portabilidade das informações publicadas em papel jornal, para a pauta da mão de milhares de pessoas, de Macaé, da região, do país e até do mundo.

Desenvolvido com base em programa criado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), o aplicativo criado pelos estudantes proporciona praticidade, interação, acesso remoto e em tempo real, das informações apuradas por O DEBATE para o leitor que baixar o app no celular.

O protótipo do aplicativo foi apresentado pelos estudantes à equipe de redação e ao diretor de O DEBATE, o empresário e jornalista Oscar Pires, destacando em especial os benefícios para o jornal, ao garantir a portabilidade digital.

"Com o aplicativo, as pessoas terão acesso, não só ao conteúdo jornalístico, mas também à história do jornal. E isso poderá ser visto em qualquer parte do mundo", disse Gabriel.

Sob a orientação dos professores Marcelo Nascimento e Anderson Dias, os alunos desenvolveram a ferramenta que poderá gerar compartilhamento e atualização constante de informações do jornal, permitindo também que o leitor possa participar da produção das matérias.

"O aplicativo possui o sistema de notificação, que avisa ao leitor cada atualização de informação publicada. Além disso, as pessoas poderão também enviar propostas de matérias para o jornal", disse Samuel.
Para Oscar Pires, a inovação é o fator principal para o futuro do jornalismo no país.

Alunos do curso técnico de automação industrial do Senai de Macaé apresentaram aplicativo


"Acompanhar a evolução profissional desses jovens, através do desenvolvimento de um projeto inovador para o jornal é, sem dúvidas, uma grande satisfação para todos nós. Esse sempre foi o conceito de O DEBATE: inovar para avançar", disse Oscar.
Agora, a equipe de O DEBATE trabalha para desenvolver ainda mais o protótipo, e lançar em breve o aplicativo.

Perdas Zero

Através do desafio "Senai + Indústria", o jornal O DEBATE também foi fonte para a criação de um outro projeto de estudantes, o Perda Zero.

Direcionado à parte de produção industrial do jornal, os alunos criaram um sistema que permite a redução de perdas de material na fase de impressão das publicações.

E a direção de O DEBATE também já estuda a maneira de implantar o sistema desenvolvido pelos alunos.

Autor: Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: geral, social


publicidade