Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Preparada para o novo progresso

Município completa 204 anos de emancipação política e administrativa, na esperança de dias melhores

Em 29/07/2017 às 08h10


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Município completa 204 anos de emancipação política e administrativa, na esperança de dias melhores Município completa 204 anos de emancipação política e administrativa, na esperança de dias melhores
De uma estratégia de proteção de terras colonizadas por espanhóis, contra as investidas de desbravadores ingleses, surgiu a cidade que simboliza hoje a realidade econômica e política do Brasil, que tenta superar a crise buscando na sua essência, o combustível para retomar o rumo do progresso.

Da ambição de fazendeiros de cana-de-açúcar e na produção de engenhos, à expertise desenvolvida pela indústria do petróleo, Macaé possui a força única capaz de salvar, não só a cidade, mas o Estado do Rio de Janeiro e o país, de uma triste condição provocada pelo distanciamento da gestão pública dos conceitos da democracia.

Das aventuras de Charles Darwin, das visitas do imperador Dom Pedro II, do nascimento de um presidente da República (Washington Luiz), de uma maldição conclamada pela injustiça a Mota Coqueiro e pela resistência às investidas da Ditadura Militar, Macaé carrega em seu passado histórias cujos traços ainda são capazes de contribuir com todas as transformações que a cidade passa e ainda precisa passar, para voltar a crescer e gerar oportunidades para milhares de famílias que acreditam em sua restruturação.

Das atividades pesqueiras, do comércio e da chegada do petróleo, Macaé vive a esperança de reencontrar caminhos que certamente a levarão aos esperados dias melhores, um futuro que precisa ser construído de forma coletiva, através do diálogo com a sociedade.

Sem mais espaços para cenários tristes, ou indicadores negativos, a cidade chega aos 204 anos mantendo todas as referências de prosperidade, a mesma que ajudou a transformá-la, de Princesinha do Atlântivo, em Capital Nacional do Petróleo. 

Macaé em números

Empregos formais - dados de 2017
109,5 mil

Postos de trabalho fechados em 2017
3,8 mil

Habitantes 239.471

Bairros
45

Renda salarial média do trabalhador na cidade
R$ 3.429,79

Arrecadação da prefeitura - estimativa para 2017
R$ 2.1 bilhões

Quilômetros quadrados de extensão
1,2 mil

Alunos na rede pública
40 mil

Servidores que atuam na prefeitura
15 mil

Veículos em circulação
108,8 mil

Autor: Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: Macaé 204 anos


publicidade