Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé: a origem do desenvolvimento

Em 25/07/2017 às 11h29


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Conceição de Macabu foi o primeiro município a se emancipar de Macaé, em 1952 Conceição de Macabu foi o primeiro município a se emancipar de Macaé, em 1952
Muito antes de alcançar o status de Capital Nacional do Petróleo, a história econômica e cultural de Macaé foi construída através da participação de antigos distritos, que se transformaram em cidades a partir do processo de emancipação, e atuam hoje em parceria para o desenvolvimento do Norte Fluminense. 

Os atuais municípios de Conceição de Macabu, Quissamã e Carapebus conseguiram a tão sonhada emancipação e então deixaram de ser distritos de Macaé. 

O primeiro a conquistar sua independência foi Conceição de Macabu - um município localizado entre a serra e o mar na região Norte do estado do Rio de Janeiro, constituído por serras de altitudes que oscilam de 300 a 989 metros. 

A criação efetivou-se em 15 de março de 1952, quando foram desanexados os 5º e 10º distritos de Macaé (Conceição de Macabu e Macabuzinho), que passaram a constituir o 1º e o 2º distritos do atual município.

Sua expansão econômica contou com rodovias e os trilhos da Estrada de Ferro Leopoldina, que liga a capital ao norte do Estado, e o norte ao Espírito Santo.

Em seguida Quissamã, que começou a sua luta por volta de 1952, quando aconteceu o primeiro encaminhamento à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro de uma representação assinada por 1.166 eleitores reclamando a autonomia do então distrito de Macaé. Mas a resposta veio 38 anos depois (1989) e de 4º distrito de Macaé, Quissamã foi elevada a município. 

E por último a pequena Carapebus. O município foi reconhecido como distrito de Macaé a partir de 1831, sendo o terceiro a alcançar a emancipação, seguindo os passos de Quissamã e Conceição de Macabu. O ano de sua emancipação é 1995. 

O ato para consolidar a autonomia municipal aconteceu no Real Clube de Carapebus no qual foi desenvolvido um plebiscito no dia 13 de março de 1994, o resultado foi a favor da emancipação, por uma maioria esmagadora de 3.497 contra 148 votos.
Para oficializar, o Tribunal Regional Eleitoral aceitou o plebiscito em maio de 1995, e então instituiu definitivamente o município de Carapebus.

Autor: Márcio Siqueira

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: Macaé 204 anos


publicidade