Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé abre inscrição para o Programa de Residência Médica

As oportunidades são para as áreas de Clínica Médica, Pediatria e Cirurgia Geral e a previsão é de que os aprovados comecem a atuar em março

Em 15/02/2016 às 15h11


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Após ingressar no Programa, os residentes começam a atuar nas unidades públicas de saúde do município Após ingressar no Programa, os residentes começam a atuar nas unidades públicas de saúde do município
Atenção, recém-formados em Medicina e que aguardam uma oportunidade para ingressar na especialização. A Secretaria de Saúde, em parceria com a Fundação Educacional de Macaé (Funemac) vai abrir nesta segunda-feira (15) as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para o Programa de Residência Médica. As vagas oferecidas são para Clínica Médica (6); Pediatria (5) e Cirurgia Geral (3). Os interessados podem se inscrever até o dia  21 de fevereiro pelo www.macae.rj.gov.br/funemac e a taxa será de R$ 300,00.

Conforme consta no edital, as inscrições só serão confirmadas após o pagamento a ser creditado por meio de depósito identificado (com o número do CPF do candidato com o código de identificação) em caixa presencial do Banco Itaú, em favor da Funemac, inscrito no CNPJ 39.224.019\0001-57, agência 6242, conta corrente 34003-9, até a data limite de 22 de fevereiro.

Já o processo seletivo será realizado  no dia 28 de fevereiro (domingo), das 8h às 12h, na Funemac e o resultado será divulgado no dia 8 de março. As matrículas serão efetuadas nos dias 9 e 10 de março, de 9h às 16h, em locais que serão divulgados por meio do site: www.macae.rj.gov.br/funemac .

O Programa é em especial uma oportunidade para os formandos no município, por meio da UFRJ. De acordo com o coordenador do curso de Medicina, Dr. Irnak Barbosa, o interesse de oferecer o programa de Residência Médica na cidade surgiu em 2009 quando teve início a primeira turma do curso de medicina. 

"O Programa começou em 2014 com apenas dois cursos, e hoje já são três com a previsão de subir para quatro. Estamos aguardando a aprovação final do curso de Medicina Geral e da Família atendendo assim os anseios do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, que visa até 2018 ampliar o número de médicos e garantir vagas nos programas de Residência de Medicina da Família e Comunidade", disse Dr. Irnak Barbosa.

O Programa de Residência Médica constitui uma modalidade de ensino de pós-graduação, sob forma de cursos de especialização, caracterizada por treinamento em serviço, regulamentada pela Lei nº 6.932/81, e pelas Resoluções da Comissão Nacional de Residência Médica da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação. À cidade, ele passou a ser oferecido em 2014 com a finalidade de atender aos profissionais que se formavam na área da saúde. A iniciativa é instituída pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977, e considerada uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos. Os cursos são coordenados pela Secretaria Municipal de Saúde. Atualmente são três modalidades: Clinica Médica, Pediatria e Cirurgia Geral e a previsão da oferta de Medicina da Família. 

Autor: Juliane Reis juliane@odebateon.com.br

Foto: kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: educação, geral, oportunidade


publicidade