Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Polícia e Guarda Municipal atuarão durante Feira Offshore

Integração visa o reforço na segurança dos visitantes e da população

Em 22/06/2015 às 11h12


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

GAOP realizará patrulhamento no entorno do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. GAOP realizará patrulhamento no entorno do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho.
Nesta terça-feira (23), Macaé sedia a Brasil Offshore, a terceira maior feira do segmento no mundo, que acontecerá até o dia 26 de junho (sexta-feira), no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. O evento acontece a cada dois anos e está na sua 8ª edição na cidade. A feira atrai cerca de 50 mil profissionais e 700 expositores, nacionais e internacionais. 

Com a grande movimentação no município, é preciso uma organização do governo em todos os sentidos, dentre eles, uma das principais preocupações é a segurança.

De acordo com o secretário de Ordem Pública, André Luiz Monteiro, a Guarda Municipal (GM) realizará a segurança com cerca de 12 homens do Grupo de Apoio Operacional (GAOP), uma base móvel e os animais do canil da GM. 
"O nosso objetivo é a segurança pública em torno da feira, estaremos trabalhando em conjunto com a Polícia Militar, realizando o patrulhamento no entorno do Centro de Convenções e nos pontos de ônibus", explicou o secretário.

Já a Polícia Militar contará com a presença de policiais do BPTur (agentes bilíngues e poliglotas); de batalhões do 6° CPA, de Campos e também do Regime de Cavalaria. Em recente entrevista concedida ao Jornal O DEBATE, o comandante da Polícia Militar de Macaé, coronel Jorge Fernando Pimenta, disse que por se tratar de um grande evento é necessário um esquema especial de policiamento na cidade.

"Por causa da dimensão do evento, faz-se necessário ter uma atenção especial para o policiamento nos quatro dias em que ocorrem as atividades na cidade. No entanto, não estamos apenas reforçando o quadro em Macaé, mas também no município vizinho de Rio das Ostras, para onde muitos participantes devem ir."

Os patrulhamentos devem acontecer igualmente fora dos horários de funcionamento da feira. Alguns dos principais pontos de atuação serão as áreas hoteleiras e de divertimento, como a orla da Praia dos Cavaleiros e a orla da Lagoa de Imboassica. 
Ainda segundo o Coronel, a ação de patrulhamento deve começar dias antes da inauguração da feira, pois a movimentação de operários que trabalharão na instalação das estruturas será grande. 

"A demanda chegará antes do início do evento. Vamos garantir a segurança dos trabalhadores envolvidos nas atividades de preparação do espaço. Agentes estarão a postos com viaturas dentro e no entorno do Centro de Convenções, durante esses trabalhos", afirmou. 

Nos dias da Brasil Offshore, os policiais militares reforçarão a segurança nos fechamentos das vias de acesso ao Centro de Convenções, com viaturas estacionadas em pontos estratégicos dessas vias, além do apoio que farão à circulação entre esses pontos.

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:


publicidade