Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

História de Macaé para crianças em homenagem aos seus 200 anos.

A escritora Simone Mota lança seu novo livro intitulado 'A História da Turma da Princesinha - Histórias da nossa cidade: Macaé', marcando as comemorações dos 200 anos de Macaé.

Em 15/06/2013 às 10h32


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Uma publicação com as mais belas páginas da história de Macaé destinada às crianças vem garantir um registro histórico de consolidação das bases da memória macaense, para o bem das futuras gerações. Trata-se do livro ‘A Turma da Princesinha - Histórias da nossa cidade: Macaé’, em sua segunda edição, de autoria da escritora Simone Mota, que já se torna uma referência histórica do município, ao mesmo tempo mostrando às crianças o quanto é rica a nossa história.

A obra é lançada em homenagem aos 200 anos de Macaé. O seu lançamento acontecerá no próximo dia 25 de junho, em meio a Sarau de Aniversário, no Restaurante Boom, que ofereceu o espaço para a realização do evento.

Com expressivas imagens e personagens, a publicação revela fatos e ideias do passado e do presente, além de apresentar entretenimento e diversão de qualidade para a garotada. "Todos nós, de modo geral, amamos o local onde nascemos e/ou crescemos, porque conhecemos o local, sabemos a sua história, conhecemos as pessoas que vivem ou viveram lá. Criamos identidade com o local. Pensando nisso, resolvi desenvolver um projeto de levar informação e entretenimento às crianças que moram aqui. A ideia é conhecer para gostar", declara Simone.

Os contatos com a escritora podem ser feitos pelos telefones (22) 2759-9124 / 8813-9014 ou pelo e-mail simonecsmota@hotmail.com.

Proposta do livro

Segundo a escritora, o livro ‘A Turma da Princesinha - Histórias da nossa cidade: Macaé’, que celebra os 200 anos de Macaé, teve sua primeira edição esgotada, e foi reformulado nesta segunda edição. "Até o momento nenhum patrocínio foi firmado para a publicação dessa edição. De qualquer forma, o livro segue em processo de preparação para o lançamento mantendo o seu preço de capa de R$ 15,90, pois a busca por ele está aumentando a cada dia, tanto nas livrarias quanto diretamente com o autor", informiu Sinome.

A escritora esclarece que a proposta principal do livro é despertar o interesse nas crianças pelas histórias de Macaé, e consequentemente despertar nelas um carinho com a cidade em que vivem, além de realizar um evento de lançamento para homenagear a cidade.

"Macaé é uma cidade recheada de talentos artísticos. Temos compositores, músicos, poetas, contadores de histórias, escritores, cantores, atores, artistas plásticos, enfim uma veia cultural muito forte. E, desde que aqui cheguei, tenho observado que isso não faz parte só da história da cidade, do seu passado histórico, mas é um movimento atual também", explica a autora, acrescentando que resolveu então transformar esse lançamento em um Sarau.

"Um sarau diferente, porque será feito por crianças e para crianças. O objetivo do Sarau é homenagear Macaé pelos seus 200 anos apresentando às crianças canções, poemas, pinturas e dança que fazem referência a nossa cidade. Para que todas as crianças sintam-se participantes desta homenagem, o convite solicitará que a criança leve para o Sarau um desenho representando ela em Macaé. Estes desenhos serão pendurados num espaço como uma grande exposição", conta ela.

Convidados especiais

Até o momento estão confirmadas as seguintes participações: Banda Som do Céu, da professora Rosilane Barreto, formada por seis crianças, tocando o Hino de Macaé, música do Benedicto Lacerda e uma canção sobre a infância; o tecladista Felipe Guimarães, de oito anos, que vai tocar uma peça de abertura e o Parabéns para encerrar o evento; a jovem poetisa Liz Vasconcelos, de dez anos, que vai declamar um poema em homenagem a cidade; Maria Eduarda, de oito anos, que vai expor seus quadros no evento e cantar uma versão de uma canção em homenagem à cidade, acompanhada de Pedro Henrique Mota, de oito anos, ao violão; The Kids Club: leitura de uma poesia sobre Macaé em inglês; Bia Mignone e alunos: exposição durante o evento; Grupo Historiarte, representado por Margarida Barcelos, com contação de história; além a possível participação do Grupo de ballet Criarte: dança das cigarras para homenagear o grupo Cigarras de Macaé.

Simone Mota

Nascida no Rio de Janeiro em 1974, Simone Mota é formada em Estatística pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Em 2004 ela optou por interromper sua atividade profissional regular para cuidar da família. Depois de alguns anos montou um home office e resolveu dedicar-se profissionalmente a uma atividade que sempre teve como hobby, contar e escrever histórias.
Teve o seu primeiro livro publicado em dezembro de 2011, ‘Eu não gosto de Cortar as Unhas’, que faz parte de uma coleção que conta com um total de seis pequenos livros infantis sobre bons hábitos de higiene e comportamento. Depois lançou o segundo título da mesma coleção, Dormir, e em julho de 2012 publicou um livro infantil de histórias da cidade de Macaé, A Turma da Princesinha - Histórias da nossa cidade: Macaé, e mais recentemente lançou o livro 'Rainha, a Sogra da Cinderela, e o Sorriso de Cristal'.

Autor: Isis Maria Borges Gomes - isismaria@odebateon.com.br

Foto: Divulgação.


    Compartilhe:

Tags: 200 anos.


publicidade