Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Vacinação contra pólio já imunizou 41% do público-alvo em Macaé.

A campanha segue até o dia 21 de junho e a meta é imunizar aproximadamente 15 mil crianças na cidade.

Em 12/06/2013 às 11h32


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Vacinação contra Poliomielite acontece até o dia 21 de junho em 35 unidades da rede municipal de Saúde. Vacinação contra Poliomielite acontece até o dia 21 de junho em 35 unidades da rede municipal de Saúde.
Desde o primeiro dia da campanha de vacinação contra Poliomielite, iniciada sábado, a secretaria de Saúde imunizou até ontem, dia 11, 41% do seu público-alvo. Segundo dados do programa de imunização da secretaria municipal de Saúde, o percentual corresponde a seis mil duzentas e dezesseis (6.216) crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias que foram imunizadas.

Os pais que não conseguiram levar seus filhos para serem vacinados podem procurar, de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, uma das 35 unidades da rede municipal de Saúde onde estão disponibilizadas as vacinas. A campanha segue até o dia 21 de junho e a meta é imunizar, aproximadamente, 15 mil crianças. Não há contraindicação absoluta à vacina, mas ela deve ser evitada em crianças com infecção aguda e com hipersensibilidade a algum componente. 

A equipe do programa de imunização orienta que os pais compareçam aos postos com a carteira de vacinação da criança. A poliomielite é uma doença infecto-contagiosa viral. E afeta principalmente crianças menores de cinco anos de idade. O vírus é transmitido através de alimentos e água contaminados e se multiplica no intestino, podendo invadir o sistema nervoso. 

Em Macaé, a meta é vacinar 15.061 crianças. Os responsáveis devem apresentar o cartão de vacinação para que a situação vacinal da criança e o cumprimento da continuidade das vacinas necessárias sejam avaliadas pela Gerência do Programa Municipal de Imunização. 

Para esta campanha foram mobilizados 300 profissionais da rede de saúde, e tem como objetivo manter o Brasil na condição de país certificado internacionalmente para a erradicação da poliomielite, estabelecendo proteção coletiva por meio da disseminação do vírus vacinal no meio ambiente. 

Autor: Ana Carolina Benjamin - benjamin@odebateon.com.br

Foto: Arquivo.


    Compartilhe:

Tags: Saúde.


publicidade