Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Moradores do Vale Encantado vivem num verdadeiro caos de infraestrutura

Em 20/09/2011 às 11h51


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

 Falta de infraestrutura compromete os imóveis do Falta de infraestrutura compromete os imóveis do
A demora em se realizar obras de infraestrutura tem feito o bairro Vale Encantado viver o caos em dias de chuva. Basta chover para que as ruas se deteriorem  e a população se revolte. O local sofre há anos com inundações, buracos, e falta de transporte urbano. O estado de abandono, com várias crateras pelas ruas, dificulta o tráfego de veículos e pedestres. Mais uma vez, moradores do Vale Encantado colecionam problemas e clamam por ajuda.  

No último fim de semana, a chuva chegou castigar boa parte das vias do bairro. São muitos os casos de alagamentos e de ruas deterioradas. A falta de uma infraestrutura básica faz com que a área sofra com os mesmos problemas há anos. 

Em outra rua do bairro, o morador Ademar Gonçalves acompanha de perto o avanço dos buracos. Ele diz que já foi feito um pedido para a prefeitura recuperar o local, mas nada foi feito até agora. A preocupação maior é que ocorra algum acidente. “Os riscos são dos idosos ou crianças caírem, quebrar a perna ou se machucar”, destacou.  
Outro problema é a falta de transporte urbano no local. Durante a reportagem, moradores apontaram que a falta de condução é o que mais atinge a região. Segundo eles, todo fim de semana o transporte coletivo passa de três em três horas. 

A moradora Ester Gomes comenta que a linha do Sistema Integrado de Transporte (SIT) não atende as necessidades dos moradores porque somente poucas ruas do bairro Granja dos Cavaleiros estão no itinerário. “Para pegarmos um ônibus é preciso andar quase dois quilômetros até o bairro Granja dos Cavaleiros”, disse Ester.   
 Moradores e comerciantes afirmam que todos os prefeitos municipais de Macaé não proporcionaram melhorias durante as suas gestões e cada vez mais as taxas referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) tornam-se elevadas e não são revertidas em serviços.  

Com valores considerados elevados e a falta de benefícios a partir dos recursos do IPTU, uma das consequências é a quantidade de imóveis disponibilizados à venda. Mesmo construídas num dos bairros mais valorizados de Macaé, as mansões perdem mercado por não contarem com infraestrutura digna. 

Por meio de nota, a assessoria de comunicação informou que a Secretaria Municipal de Manutenção vai enviar uma equipe ainda esta semana ao bairro Vale Encantado para verificar os problemas. A partir do que for levantado, a secretaria iniciará as ações na próxima semana. Sobre a falta de transporte urbano no bairro, a assessoria de comunicação da Secretaria de Mobilidade Urbana não se pronunciou até o fechamento desta edição. 

Autor: Cristian Kupfer/ cristiankupfer@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:


publicidade