Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Chegou o verão

Em 27/12/2010 às 19h30 - Atualizado em 28/12/2010 às 19h09


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Com a chegada do verão, a população macaense e da região vai sentir ainda mais o estado lastimável em que se encontra a Lagoa de Imboassica. A impossibilidade das crianças tomarem banho, devido ao nível de poluentes em suas águas, empurra todos para outras praias igualmente mansas e, com isso, os recursos vão junto. Pensar que temos um paraíso bem ao alcance de todos, com um pôr do sol maravilhoso, embora estragado pelo homem, é realmente a “morte da galinha dos ovos de ouro”.

Esta semana estivemos com o diretor-presidente da Empresa Pública Municipal de Saneamento (Esane), engenheiro Marcus Túlio Abreu Aguiar, para podermos verificar o que se pode esperar de 2011 em matéria de saneamento para a cidade. 

As noticias são boas, pois está prevista para 2011 a retirada de todo o esgoto dos bairros Vivendas da Lagoa e Morada das Garças, que ficam no entorno da Lagoa de Imboassica, e colaboram para a poluição das águas, pela ausência de sistema de captação de esgoto. A noticia é boa e esperamos que seja realmente implementada.
Para o bairro Novo Cavaleiros, ficou combinado com o engenheiro Marcus Túlio que será medido a vazão de líquidos que escorrem diariamente para a Lagoa. 

Com o conhecimento desta vazão, em tempo sem chuvas, podemos tomar medidas para resolver o problema que segundo opinião do engenheiro, é o pior local de toda a Lagoa, como contribuinte de poluentes. Mais estudo, porém, acompanharemos e daremos sugestões nas soluções a serem adotadas.

A tão falada Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Mutum, apenas para desmistificá-la como solução para a Lagoa de Imboassica, vai atender apenas parte (pequena até) do esgoto que diariamente é jogado na Lagoa. 

E claro que vai atender, quando começar a funcionar, pois até agora é apenas mais um elefante branco implantado em nossas terras. Porém, quando finalmente funcionar, vai somar esforços para a limpeza da Lagoa.

Ainda segundo Marcus Túlio, os outros bairros no entorno da Lagoa poderão ter soluções mais simples, a serem estudadas, para deixarem de contribuir com a poluição.

Com respeito à mata ciliar, estamos aguardando da Secretaria de Meio Ambiente, o estudo para plantio das primeiras mudas na área do Pontal Material de Construção. Não são muitas, mas este evento marcará nossa disposição em plantar toda a bacia hidrográfica da Lagoa de Imboassica.

O assoreamento, em nossa opinião, o principal problema da Lagoa, já está sendo estudado. Após recebermos do Secretário de Meio Ambiente, Maxwell Vaz, o levantamento batimétrico, que nada mais é que o estudo das profundidades da Lagoa, já iniciamos estudos para ver quanto de material e de que forma serão retirados.

Desejamos a todos um bom final de ano, e que possamos em 2011 dar passos mais largos para a limpeza de nossa Lagoa de Imboassica.,

Autor: Ubiracy Jardim | Engenheiro Civil


    Compartilhe:


publicidade